Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

sobre livros e coisas da vida

sobre livros e coisas da vida

Do Outro Lado, Mafalda Santos

Gabriel e Sara conhecem-se e apaixonam-se perdidamente, mas um dia ela desaparece, assim como todo o bairro onde ela vivia. Todos acreditam que Gabriel teve um ataque psicótico e tentam ajudá-lo, mas ele está determinado a encontrar Sara. Durante essa procura, Gabriel descobre que eles vivem em realidades distintas. Sara está num universo paralelo, onde um vírus muito contagioso atingiu a população e já fez milhares de mortes. Guerras, confinamento, recolher obrigatório e (...)

És Capaz de Guardar Um Segredo?, Sophie Kinsella

Sophie Kinsella já está no meu radar livrólico há anos e o livro És Capaz de Guardar Um Segredo? esteve sempre no topo das minhas escolhas para uma primeira aventura com esta autora. Felizmente, não me desiludi.   Na sua primeira viagem de negócios, Emma entra em pânico quando o avião passa por uma zona de alguma turbulência. Ao pensar que não sairá dessa situação com vida, acaba por desvendar os seus segredos mais íntimos e embaraçosos ao homem que viaja a seu lado. Quan (...)

Eu que nunca conheci os homens, Jacqueline Harpman

Andava eu a navegar, como sempre, no catálogo do Kobo Plus, quando me deparei com o livro Eu que nunca conheci os homens de Jacqueline Harpman. O título soou-me familiar e percebi que já me tinha deparado com este livro num vlog da Pam Gonçalves. Isto, aliado a uma pontuação de 4,23 no Goodreadse uma sinopse intrigante, fez-me descarregar (...)

Um Muro e Uma Cerca, Elisabete Martins de Oliveira

Elias vive sozinho, já sem os três filhos, que emigraram, e a mulher, que faleceu. O sossego dele é desafiado quando uma nova família se muda para a moradia ao lado da sua. Nessa casa, vive Santiago, um menino de 10 anos negligenciado pelos pais. A curiosidade e solidão levam-no a aproximar-se de Elias em busca de algum consolo e atenção. Mas apesar da inicial desconfiança e rispidez de Elias, os dois aproximam-se e a amizade entre os dois cresce.   Imagino-o aqui, ao pé de mim, (...)

Victoria, Ana Teresa Barreiros

  Victoria estava há demasiado tempo no meu carrinho de compras, então resolvi que estava na altura deste livro chegar cá a casa. Nem consigo precisar há quanto tempo sigo a Ana Teresa nas redes sociais, mas sempre gostei do conteúdo que produz e adoro ouvi-la nos vídeos do seu canal no Youtube! E se já gostava de a ouvir, agora amei ler um livro escrito por ela!   Victoria recebe a visita do seu mais (...)

Lugar Feliz, Emily Henry

Depois de algumas tentativas falhadas, foi desta que li um livro da Emily Henry! Há uns meses atrás, comecei a ler Romance de Verão, mas deixei de lado. Depois comecei a ler Doidos Por Livros, que também deixei de lado. O início destas histórias não me estavam a cativar ou eu não estava para aí virada. Aposto na segunda opção! Mas parece que à terceira foi de vez e a culpa foi da minha amiga Bárbara. Ela recebeu recentemente um Kobo como presente de aniversário e andava (...)

Estou viva!

1.Comecei a fazer terapia. Acho que este é, sem dúvida, o ponto alto dos últimos meses e, quem sabe, anos. Finalmente decidi colocar um ponto final numa situação que me estava a fazer entrar novamente num ciclo do qual eu tinha a certeza que seria muito difícil sair. Não cometi o mesmo erro duas vezes. Mandei mensagem à Dra. Sara, marquei consulta para o dia seguinte e comecei esta jornada de autoconhecimento. É incrível e, ao mesmo tempo assustador, a forma como a nossa (...)

Vamos de newsletter?

esta newsletter é o caos

Eu vivo para experimentar coisas novas. Eu vivo para experimentar plataformas novas. Por isso, decidi aventurar-me no mundo das newsletters, inspirada pela Sofia Costa Lima, a Lénia Rufino e a Pam Gonçalves. O conforto de receber um e-mail delas de vez em quando sabe-me pela vida!   Se me quiserem acompanhar por lá, cliquem aqui. A primeira newsletter será enviada ainda hoje.   E antes de me despedir, contem-me: o (...)

Sobre querer tudo e nada, ao mesmo tempo

O que queres ser quando fores grande? Se me fizessem essa pergunta hoje, não saberia o que responder. Primeiro, nunca cheguei a ser grande. Um metro e cinquenta e oito de muita indecisão. Segundo, acho que estou a ter uma crise de identidade aos 28, quase 29. Não era suposto ser só aos 30? Expliquem-me, por favor.   Enquanto isso, passo eu a explicar os meus dilemas de vida. Estou bem (q.b.). Tenho uma vida tranquila. Uma casa confortável. Um emprego estável... A rasteira está (...)

Livros | A Mão Que Mata, Lourenço Seruya

“(…) o caminho para a verdade é-nos quase sempre indicado pelos detalhes.” E de detalhes se ergue uma história. Uma das boas! Um livro com os ingredientes certos, nas quantidades certas.   A família Ávila está reunida na sua mansão na Serra de Sintra para iniciar o processo de partilhas patrimoniais, depois do falecimento do patriarca da família. No entanto, o procedimento é interrompido com a descoberta de um cadáver na mansão. Bruno Saraiva e a sua brigada da Polícia (...)