Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Patrícia Lobo

...

13.06.12 | Patrícia Lobo
Parti em busca de mim, procurando a alma perdida que outrora pertenceu a este corpo. Não sei onde a perdi. Talvez ainda esteja junto dos restos mortais de um amor antigo. Cruzei dúvidas e tropecei nos meus próprios medos, mas nunca desistira. Mas a minha alma incendiou-se com a última chama acessa daquele amor. Num momento, tinha tudo. Num outro, nada tinha. De mente perturbada, corri para longe daquele sítio, sem decorar os caminhos que percorrera. Agora, não sei onde estou. Perdi-me num labirinto por mim criado.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.